Follow by Email

LIVRE-ARBÍTRIO

Nada nem ninguém pode ser responsável por nós, que somos adultos.
Nós é que respondemos por nossos atos. E por nossa felicidade.
E nem adianta apelar para Deus.

O livre-arbítrio é a Lei.

Somos nós que damos poder ao que quisermos dar.
Poder ao amor. Ao ódio. À indiferença. À inveja. Ao dinheiro.
À fama; ao poder. Até para os espíritos que nos cercam
(se é que você acredita neles. Tanto faz).

Precisamos é de muita sapiência para discernirmos o que fazemos
com nós mesmos.
E evoluírmos.

As coisas nos acontecem, estão à nossa volta, e nos mostram os fatos.
Você vê se puder. Se quiser. Se entender.

Nada pode ser maior que nós mesmos, porque somos parte deste mundo.
A não ser que você não tenha consciência do seu valor e decida dar mais poder
a qualquer outra coisa que não seja você.

Somos mais fortes e maiores quando estamos inteiros.
Se estamos inteiros, nada pode ser mais do que nós.
Assim estamos preenchidos.

Repito: você é parte desse mundo e tem o seu valor.
Você é X. Se alguém ou alguma coisa lhe domina, você
passa a ser somente 1/2 X. A outra parte fica com X + 1/2X seu.

Você tem que se amar e se fortalecer. Só o amor que transforma.
Mas para mudar alguma coisa na sua vida, tem que começar com o amor-próprio.
Lembre-se que muitos podem lhe amar, mas você pode morrer sem nunca ter se amado.
Só o amor próprio é que nos cura do mal.

Mantras de valor, de nada adiantam em sua vida,
se entoados sem a força da auto-estima.
Valorize-se e esteja de olhos bem abertos.
Só assim, não haverá reza mais forte que a sua, para si mesmo.


Ana Martins

Um comentário:

  1. Aumenta o teu conhecimento e logo
    serás uma luz...
    ultrapassando o teu intelecto e vivendo
    a própia lúz ...
    remanescente e palpitante de vida intensa..

    ResponderExcluir