Follow by Email

Nós

"Você e eu aqui, somos feitos de átomos, sentados nessa pedra redonda

com centro de ferro líquido, presa por uma força que causa tantos

problemas chamada gravidade, com todos os planetas girando ao redor

do Sol a 108.000 Km/h e viajando pela Via Láctea a 966.000Km/h

em um Universo que pode estar perseguindo seu próprio rabo

à velocidade luz.

Em meio a toda essa atividade frenética, estamos cientes de nosso próprio

e iminente fim, que é um modo bonito de dizer que todos sabemos que vamos

morrer e tentamos ajudar uns aos outros.

Às vezes por vaidade, às vezes por motivos que você ainda não tem idade

para entender, mas às vezes nos ajudamos sem esperar nada em troca.

Não é estranho?

Não é esquisito?

Não é esquisito o bastante?"


(The Martian Child Movie, 2007)

10 comentários:

  1. Oi Rebelde,

    Salve, salve, 2010!!! Que o ano seja muito bom para ti! Felicidades!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Diálogo interessante, este que você extraiu, de fato ás vezes não nos damos conta, ou amenos, parecemos ignorar, que somos tão pequenos dentro desta coisa gigantesca chamada universo.
    O problema é que as perguntas que encerram o texto, não têm frequentado a realidade vigente no nosso planeta, ao menos não aqui em SP.
    Ao ler este texto, lembrei de um poema chamdo "O Fatal", traduzido pelo Manuel Bandeira.

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernando!

    Amor desinteressado no âmbito social é raro em qualquer lugar, não só em SP.
    Precisamos cultivar o amor desinteressado dentro de um relacionamento íntimo para reabastecermos nossa força e fé.
    Sorte!!!
    E obrigada por comentar!
    Ana

    ResponderExcluir
  4. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    TE SIGO TU BLOG




    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...


    AFECTUOSAMENTE:
    ANA


    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE CABALLO, LA CONQUISTA DE AMERICA CRISOL Y EL DE CREPUSCULO.

    José
    ramón...

    ResponderExcluir
  5. Olá José Ramon,

    Lindas palavras! Muito obrigada!
    Bem vindo ao meu blog! bjos

    ResponderExcluir
  6. Ficou ainda mais esquisito agora que lé isso. rs
    Esse ano "Dourástico" teve suas consequências para suas amiguinhas policiais. APANHAMOS na Farme!!! Tem um post lá no meu blog...

    ResponderExcluir
  7. oops... consertando: ..."agora que lí isso"...

    ResponderExcluir
  8. Estou estarrecida, Mau! Que mundo insano!
    Esquisito mesmo. Um mundo onde sentimentos bons misturam-se a ruins, e aprendemos (ou não) a conviver uns com os outros.
    Lamentável o ocorrido.
    Beijo carinhoso,
    Ana

    ResponderExcluir