Follow by Email

OS RAPAZES DA MESA AO LADO

Barzinho de Ipanema à noite. O papo animado na nossa mesa.
Eu e minhas amigas reunidas no "clube da Luluzinha".
Num determinado momento, notei um grupo de rapazes que subia para o segundo andar do bar.
Registrei o momento. Adjetivo para os moçoilos: "caçadores".
Nem 5 minutos se passaram e eles desceram.
O alvo deles? Nós!
Sentaram-se numa mesa ao nosso lado. A atenção deles era toda para nosso papo.
Acontece que eu já não tinha me simpatizado com eles.
Detesto ser vista como um "pedaço de carne" exposto na vitrine.
Eles tinham olhos GULOSOS, que não sugeriam alguma dúvida.
Não tenho mais paciência para esse tipo de abordagem. Aliás, NUNCA tive.
Mas cansei de engolir a seco esse tipo de PREDADOR que extermina toda e qualquer graciosidade da vítima.
Os predadores são normalmente animais de grandes dimensões - em relação às suas presas,
mas TUDO o que eu conseguia enxergar naquele grupo de rapazes desavisados
era a minusculosidade VIRIL de suas cabeças (as 2, por sinal!).

Não bastou pescoços e sorrisos famintos voltados a nós. Eles interromperam nosso papo
diversas vezes. Até eu perder a paciência por completo.
Irritada, perguntei a um deles se não queriam se sentar na nossa mesa e resolver logo essa "parada".
É óbvio que isso não significava nenhum tipo de "Boas Vindas".
Foi quando o SUJEITO disparou:
- "Sabe o que é? eu ainda estou na dúvida com duas de vocês".
Aí foi demais; a gota d'água!
Metralhei:
- "Por um acaso alguém te permitiu escolher alguma coisa?!?"

Dois minutos depois eles foram embora. :)))



Ana Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário