Follow by Email

Meu Cachorro, Minha Vida...



Peguei a caminha do Kin e a cheirei para trazê-lo para perto de mim e seu cheirinho estava todo lá.

Afrouxei minha dor num choro compulsivo, longo e alto, desenfreado. Tal como um uivo, cantando toda minha tristeza.

Ana Martins


Nenhum comentário:

Postar um comentário